Emílio Garrastazu Médici

Emílio Garrastazu Médici

Mandato: 30/10/1969 a 15/3/1974

Ele assumiu o poder após o afastamento do Presidente Costa e Silva e foi escolhido por todos os generais do Exército como o substituto. Antes foi chefe do Serviço Nacional de Informações. Seu mandato foi marcado pelos anos de chumbo, com forte repressão política (exílios, tortura, prisões, desaparecimento de pessoas, combate aos movimentos sociais e censura) e pelo “Milagre Econômico”, com forte crescimento do PIB, além da utilização maciça de propaganda, com gasto de milhões de cruzeiros, associando patriotismo com apoio ao regime militar, como por exemplo, a criação do slogan “Brasil, ame-o ou deixe-o”.

Habilidades

Postado em

28 de Março de 2014

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *